Praias de Armação dos Búzios, conheça!

Ferradurinha

Ferradurinha

Não, a culpa não é só daquela moça Bardot. Antes de se tornar um balneário charmoso, Búzios já tinha o mais importante: uma coleção de praias perfeitas. Poucos trechos do nosso litoral têm um recorte tão rico. Do portal de entrada da península até a praia de João Fernandinho, seu ponto extremo, não dá nem 10 km. Neste pequeno território escondem-se as 11 praias bacanérrimas, voltadas para três pontos cardeais, que descrevo neste post.

O melhor jeito de fazer esse tour é ir a uma praia por vez. Perder um dia zanzando entre elas é pior do que perder um dia de praia: é perder um dia de praia em Búzios. As praias de Búzios não são apenas fotogênicas: são gostosas de curtir. Alugue uma cadeirinha, peça uma caipi, acostume-se com a temperatura (friazinha) da água, e relaxe. (Ficar zanzando pelas praias, além de inútil, é caro: em cada uma você vai pagar entre R$ 5 e R$ 15 para estacionar, seja em estacionamentos organizados, seja para flanelinhas).

Para encontrar as praias como você vai ver nas fotos, evite feriados, fins de semana de verão e o mês inteiro de janeiro. Se você vem de outro estado, o melhor é deixar Búzios para durante a semana e passar o fim de semana no Rio. E se você é do Rio e quer curtir Búzios sem reclamar do trânsito ou da lotação, vá entre março e dezembro, fora de feriados (sempre lembrando que os últimos meses do ano têm maior indicidência de chuvas — veja o Praiômetro).

Azeda & Azedinha

Azeda

Azeda

Azedinha

Azedinha

Superlotadas em feriados, as duas prainhas mais próximas do centro voltam a ser paradisíacas na baixa temporada. As duas têm mar calmíssimo e estão protegidas do vento por um morrinho; são separadas por uma pedra. A Azeda tem um casarão como enfeite, mas a Azedinha mantém aspecto selvagem. As duas têm barquinhos que servem de bar e alugam cadeiras.

Como chegar:
Para vir a pé, deixe o carro na pracinha da Praia dos Ossos (estacionamento limitadíssimo!), vire à direita na Praia dos Ossos, passe pelas casas, suba o morro e desça pela escadaria — o percurso inteiro dá menos de 10 minutos. Querendo vir a pé do centro, acrescente 15/20 minutos pela Orla Bardot. O jeito mais gostoso de chegar é por aquatáxi. Você pode pegar no píer do centro, no comecinho da Rua das Pedras (R$ 7 por pessoa), na Praia dos Ossos (R$ 5 por pessoa) ou em João Fernandes (R$ 5 por pessoa).

 

João Fernandes & João Fernandinho

O visto para o Mercosul está em dia? Então bem-vindo a este pedacinho da Riviera Argentina em Bússios grin

João Fernandes

João Fernandes

João Fernandes

João Fernandes está para Búzios como Canasvieiras está para Floripa: é o pedaço preferido dos hermanos. E não dá para dizer que eles estão errados: a praia é deliciosa, o acesso é fácil a partir dos hotéis (muitos deles funcionando direto com operadoras argentinas) e a orlinha tem bares e restaurantes estruturados. Ultimamente, o stand-up paddle pegou pra valer por ali.

João Fernandinho

João Fernandinho

João Fernandinho

João Fernandinho é mais escondidinha e bem mais selvagem: a única edificação visível é o hotel Colonna Park, que fica ao lado. Se você achar João Fernandes crowdeada demais, venha para cá que você vai curtir.

Como chegar
Há estacionamento, limitado, na praia de João Fernandes e ao longo da estradinha. Na temporada, se você não está hospedado na área, e melhor vir de aquatáxi (R$ 10 do píer do Centro, R$ 7 da Praia dos Ossos). Não há passagem pela praia entre João Fernandes e João Fernandinho; você precisa andar um trechinho pela rua (e subir uma ladeira para chegar aos pontos de descida para João Fernandinho).

João Fernandes

Vista da pousada Baía do João

 

Praia Brava

Praia Brava

Praia Brava

Rocka Bar

Rocka Bar

Não é das minhas favoritas — eu não iria até Búzios, a península das praias-piscininha, para ficar numa praia de mar bravio. Só que…. o visual é lindo, e a praia tem o beach club mais charmoso de Búzios: o Rocka Bar, a um só tempo rústico e elegante. Seu vizinho de cerca, o Silk, clube de praia da pousada Brava Club, é bem mais produzido/mauricinho, com uma vibe mais Jurerê do que Trancoso.

Como chegar
Tem que ser de carro. Os aquatáxis não vão até lá. O estacionamento é amplo; num dia muito lotado, o máximo que pode acontecer é você estacionar meio longe e ter que caminhar no sol.

 

Olho de Boi

Olho de Boi

Olho de Boi

Olho de Boi é a praia nudista de Búzios. Ao contrário de outras praias naturistas, aqui não há exigência compulsória de tirar a roupa, tampouco nenhuma restrição à entrada de homens desacompanhados de mulheres. Mesmo com a dificuldade de acesso (veja abaixo), sempre tem um vendedor de bebidas lá embaixo.

Como chegar

O único acesso é pela Praia Brava. Estacione, vá até a areia, caminhe para a direita, e no canto da praia você verá a trilha. Prepare-se para uma subida íngreme. Da praia Brava até o Olho de Boi você vai levar uns 20 minutos caminhando.

Praia do Forno

Praia do Forno

Uma das mais escondidas de Búzios, é uma excelente opção para os dias mais cheios da temporada, já que está fora do circuitão das praias mais óbvias.

Como chegar
Só de carro. Estacionar, porém, não é problema.

 

Ferradura

Ferradura

Ferradura

Ferradura

Eden Beach

Eden Beach

Esta baiazinha perfeita, rodeada por casas de veraneio, é a preferida das famílias com crianças pequenas. O mar é calmíssimo, a faixa de areia tem espaço, e há pedalinhos para alugar. Os bares ficam todos no canto esquerdo; suas estruturas foram recentemente derrubadas e aquele pedacinho da orla será reurbanizado como foi a de Geribá. Um pouco recuado — e portanto fora da mira demolidora da prefeitura — fica o Eden Beach, o lounge de praia (aberto ao público) do hotelInsólito.

Como chegar
A Ferradura é das praias mais próximas do centro. O estacionamento é escasso junto ao cantinho dos bares, mas dá para estacionar também ao longo das quadras residenciais.

 

 

Ferradurinha

Ferradurinha

Ferradurinha

Ferradurinha

Se a Azedinha é vizinha da Azeda e João Fernandinho está do lado de João Fernandes, a Ferradurinha fica colada à Ferradura, certo? Errado. A Ferradurinha fica perto do canto esquerdo de Geribá. Só não se chama Geribazinho porque seu formato é mesmo de uma ferradura: um U desenhado a mão. Para mim, é a mais perfeitinha das praias de Búzios — e vale o sacrifício que é conseguir estacionar mais ou menos perto.

Como chegar
Siga as placas para o canto esquerdo de Geribá. O estacionamento mais próximo fica na saída do canto esquerdo de Geribá. Chegue bastante cedo para conseguir estacionar por ali. Se não, deixe o carro o mais próximo possível do canto esquerdo de Geribá e vá caminhando.

 

Geribá

Geribá

Geribá

Geribá

É aqui que eu vou contra o senso comum. Habituês de Búzios, sobretudo cariocas,amam Geribá. Eu não acho graça. Seria minha última escolha de praia na península. Por quê? Porque é grandona, tem faixa extensa de areia, o mar pode ter ondas… enfim, não sairia do Rio para procurar uma praia parecida com as do Rio. De todo modo, não dá para negar que é a única praia buziana em que dá para jogar bola ou frescobol.

Nos últimos anos os bares da orla foram padronizados; a maioria está no canto esquerdo da praia. No canto direito funciona o restaurante Fishbone, que costuma ter DJ ao pôr do sol e festas na temporada.

Na volta da praia em Geribá, a pedida do almoço é no Porto da Barra, o novo pólo gastronômico de Búzios (que eliminou a necessidade de ir até a Rua das Pedras/Orla Bardot para quem está hospedado em Geribá).

Como chegar
Há duas entradas principais para Geribá. Vindo do centro, a primeira (a da praça do skate) é a que leva ao canto esquerdo (e à Ferradurinha). O estacionamento junto à praia é escasso; é possível que você só encontre lugar nas quadras internas.

 

Tartaruga

Tartaruga

Tartaruga

Tartaruga

A última praia nesse giro virtual pela península é a única praia que eu recomendo para fazer uma dobradinha com qualquer outra no mesmo dia. É que a Tartaruga é o point do pôr do sol. Se você coleciona fotos do sol se pondo no mar (presente!), passe aqui. Há inúmeras barracas de praia (a maioria bem improvisada, depois que as grandes estruturas foram embargadas). No canto direito há um restaurante que me conquista pelas mesas e cadeiras de madeira, o Praia da Tartaruga.

Como chegar
A estrada para a Tartaruga nem sempre está sinalizada; é a ruzinha que sai ao lado da pousada Caminho da Praia. Há um estacionamento perto da praia e também dá para deixar o carro na estrada (mas vai ter flanelinha). Dá também para ir de aquatáxi (R$ 10 por pessoa desde o píer do centro).

 

 

fonte: http://www.viajenaviagem.com/2014/09/buzios-praias-dicas

1
Deixe um comentário

avatar
1 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
0 Comment authors
Sr. WordPress Recent comment authors
newest oldest most voted
Sr. WordPress
Visitante

Olá, Isto é um comentário.
Para excluir um comentário, faça o login e veja os comentários de posts. Lá você terá a opção de editá-los ou excluí-los.

Cadastre-se e Ganhe Super Desconto em Nossos Serviços! :)

Vai perder essa oportunidade? Aproveita, é grátis! Fique tranquilo, você está 100% seguro! Não enviaremos Spam!

Você foi inscrito com sucesso! :)